Posts by Luiz Paulo Xavier de Sá



Posted By on set 24, 2017

 

2017 marca o centenário do nascimento de Irving Penn (1917-2009), um dos mestres da fotografia do século XX. Até 29 de janeiro de 2018, a primeira grande retrospectiva dedicada a Irving Penn na França desde sua morte acontece no Grand Palais.

Ela traça os setenta anos da carreira do artista americano. Mais de 240 fotografias com uma visão completa de todos os principais temas de seu trabalho: moda, naturezas mortas, retratos, nus, cenas de rua, fotografados no início dos anos cinquenta em Paris, Londres e Nova York. Irving Penn tem uma simplicidade elegante eum bom gosto pelo minimalismo.

A exposição abre em cenas de rua em Filadélfia e Nova York, imagens do sul dos Estados Unidos, México, Europa devastada pela guerra e suas primeiras vidas de cor. Entre 1947-1948, fotografou artistas, escritores, costureiros e de Salvador Dali a Alfred Hitchcock.

Enviado a Paris pela revista Vogue, Penn foi um verdadeiro mestre dos retratos de moda. Seus retratos representam Picasso, Jean Cocteau, Marlene Dietrich, Francis Bacon posando em frente à uma cortina pintada de seu estúdio.

A exposição termina com suas mais recentes fotografias e retratos de moda, incluindo personalidades como Tom Wolfe, Truman Capote, Alvin Aley, Ingmar Bergman e Zaha Hadid. Expo para quem gosta de fotografia, moda e arte. Não perca!

Irving Penn – Grand Palais – até dia 29 de janeiro de 2018
3 Avenue du Général Eisenhower, 75008 Paris

 

Read More

 

O PARIS RDRG participou com a exposição do Brasil em 2013 sob o comando da eficaz Helen Kupfer do Paris Mania, amiga nossa e uma das curadoras do evento no Le Bon Marché. Depois do Brasil e Japão a loja de departamentos mais chic de Paris recebe as marcas mais emblemáticas da Itália. Moda, beleza, design, arte, esporte e gastronomia na exposição “La Famiglia Rive Gauche”.

Mais de 200 marcas, e em cada andar, um universo diferente a ser descoberto com muita moda, acessórios, produtos de beleza, bicicletas, louças, objetos e brinquedos sob as instalações do artista Edoardo Tresoldi.

Na La Grande Épicerie, a parte de alimentação com molhos, dôces, massas e restauração preparada no Pasta Bar. E Como o café é uma tradição forte na Itália, o Bon Marché oferece uma experiência única de imprimir o seu retrato na mousse cremosa de um « café latte ». O barista cuida de reproduzir sua foto no café.

A outra idéia divertida é da « Tote-bag » customizável com o brasão de família. Você desenha eles imprimem! Até 22 de outubro com direito a degustações e diferentes workshops de moda.

Le Bon Marché – La Famiglia Rive Gauche
24 Rue de Sèvres, 75007 Paris, France

Read More

Pronto, aconteceu o que eu já esperava! Paris foi escolhida para sediar os jogos olímpicos de 2024.
Eu, particularmente sempre contra esse tipo de entusiasmo, confesso que fiquei contente e vou dizer para vocês o porquê.

Paris possui 95% da infra-estrutura necessária para organizar as Olimpíadas de 2024, mas ainda vai gastar cerca de US $ 3 bilhões para construir ou renovar sites. Este foi um dos principais argumentos da campanha olímpica: com instalações como o Stade de France, Roland Garros, Bercy, Arena-92, Jean-Bouin e Parc des Princes, já existentes e em bom estado. A maior parte do investimento será para construir a futura vila olímpica no subúrbio de Saint-Denis.

Muitos dos locais de competição estarão localizados ao longo do rio Sena, que serão limpos para a ocasião, para hospedar os eventos nadando em águas abertas. E isso para quem mora em Paris já é um grande presente! Poder nadar no rio como fazem os habitantes de Berna na Suiça no seu transparente rio Aar.

Entre os sites que servirão de vitrine para os eventos olímpicos, estão os monumentos históricos, que atraem milhões de turistas a cada ano, como o Champ-de-Mars, os Invalides, o Grand Palais ou os Champs-Elysées, onde a chegada do evento de ciclismo acontece.

A outra razão por estar feliz é o fato que Paris vai converter à comunidade esses investimentos quando os jogos terminarem, como tem feito Londres com sucesso. Aqui temos certeza que essas obras não vão acabar em abandonos como Pequim, Atenas e Rio de Janeiro. Vive la France 2024!

 

Read More

Durante muito tempo hesitei em entrar nessa sorveteria de aparência opulenta perto do Marché Saint-Germain achando muito barroca para ser boa. As aparências enganam! Il Gelato del Marchese é realmente excelente. Verdadeiramente italiana ao contrário de outras, em cadeia, por Paris que se dizem artesanais. Lá tudo é de verdade e tem os sorbets de Maracujá e Kiwi branco melhores que já provei.

Fora as opções de sorvete, têm também doces deliciosos, pasta de chocolate sem oleo de palma que a Ministra da Ecologia proibiu e um dos poucos lugares em Paris a prepararem a sfogiatella. Uma especialidade italiana típica de Napoles do século XVIII: massa folhada em forma cônica rechaeada com ricota e aromatizada com baunilha, canela ou amêndoas que, se degustada morna é ainda melhor. Um salão de chá todo branco imaculado sempre nessa decoração de bolo de noivas e um atendimento muito simpático. Fica aberta até 23 horas e é uma maneira saborosa de prolongar o verão.

Il Gelato del Marchese
3 Rue des Quatre Vents 75006 Paris

 

Read More

  

Cada vez que tem uma hamburgueria nova me precipito! Cada vez mais qualidade e criatividade. Não confunda um bom hamburger com «fast food». O bom hamburger não engorda mais do que uma refeição normal e é para lá de bom e saudável….caso deixe as fritas de lado! Aqui vão os meus top 8 selecionados com muito apetite para divider com os leitores do PARIS RDRG

Blend é o melhor que já comi só porque a carne é selecionada pelo Yves-Marie Bourdonnec, um dos melhores açougueiros parisienses, e é moída e servida no local. Pão ótimo e fritas de batata ou batata dôce sequinhas e saborosas.

Entre as receitas, o Signature com cebolas caramelizadas, bacon, queijo d’Auvergne, Emmental de Savoie e espinafre e o Cheesy com anéis de cebola, queijo cheddar, bacon, pickles. Sou cliente assiduo do Blend Odeon com a charmosíssima manager Celine. Endereços no site:blendhamburger.com

Big Fernand é outro artesão dos bons burgers. Tem até trilha sonora dos anos 70 nos restaurantes. Uma excelente soda-limonada deles mesmos e batatas com paprika ou ervas. Cinco endereços em Paris, um pertinho da Colette na Place du Marché Saint-Honoré e acabaram de abrir um no 5° andar da loja de departamentos do BHV.
bigfernand.com

Hamler’s Burgery é a opção para quem estiver perto da Sorbonne.
J
á escrevi um post só dele quando abriu mas repito aqui. Burgers para os puristas! Fora os clássicos, o «Fullpastra» é so com pastrami e tem sempre a receita do mês…até com lagosta eu já experimentei! A simpatia do staff dirigido pelo proprietário Warren vale o lanche.
12, rue Monge 75005 Paris

hamlers.fr

Também na mesma zona, ao lado, da Sorbonne o Little Cantine é muito bom e o restaurante é cozy. Sempre uma burger do mês com receita nova e a carne do Aubrac é garantia de bom sabor.
51 Rue des Écoles 75005 Paris

Tata Burger: o Marais é o bairro gay de Paris. Nada mais normal que abrir um restaurante de hamburgers que se chama Tata Burger (titia). Os nomes dos sanduiches já trazem um sorriso: o Hetero é o clássico, o DSK em homenagem a Dominique Strauss Khan, o famoso presidente do FMI envolvido em vários escândalos sexuais, vem num pão com uma forma…como dizer? Bem sugestiva! Mas independente de qualquer opção sexual é a dica para quem estiver passeando pelo bairro.
54, rue Sainte Croix de La Bretonnerie 75004 Paris

Outro endereço no Marais é o Le Ruisseau Burger Joint. Minúsculo mas saboroso e tem um burger veggie, muito bom, se você tiver que ir com um pentelinho que não come carne.
22 Rue Rambuteau 75004 Paris
leburgerjoint.com

No Carré du Temple, também no bairro tem o Paris New York. O mais badalado pelos jovens, fica em frente a um antigo mercado livre lindo todo de ferro e vidros. Os sanduíches são gostosos mas o melhor é para sentar no terraço e ver a banda passar. Não morri de amores pelos burgers mas não podia deixar fora da lista. E vale salientar que o grupo tem um restaurante que fica em baixo da ponte Alexander III; a mais linda de Paris de frente para o Sena. O lugar é surreal!
1 rue Perrée 75003 Paris e Pont Alexander III
pny-hamburgers.fr

L’Artisan du Burger tem um que nenhum outro tem: com pão prêto de sépia e salmão. Os burgers são todos assinados por chefs famosos, premiados em suas criações e super requintados. Os restaurantes, também, tem uma decoração mais sofisticada que os concorrentes. Escolha o endereço mais próximo de onde estiver no site:
lartisanduburger

Se você for no nosso link de restaurantes vai encontrar outras sugestões, assim como a lista de todos os restaurantes testados e aprovados pela turma do PARIS RDRG em Paris. Esse post me deu muita fome! Deixo vocês para ir a um deles agora! Bon appetit!

Read More
Página 1 de 104123