SIÈGES EN SOCIÉTÉ – A Dança Das Cadeiras

Posted By Luiz Paulo Xavier de Sá on maio 11, 2017 in Cultura |


Share

Em um momento de transição de poder na França, nada mais insólito que uma exposição das poltronas do poder! Uma mostra secreta, pois pouquissima informação sobre essa exposição original circula pelas mídias.
O mobiliário nacional tem uma coleção que reflete a história do poder francês: assentos de tribunal, assentos principescos, poltronas das ordens de Estado, e não só da França mas, tronos de reis também como esse onde o rei do Marrocos pousou seu bumbum em visita a Paris (foto).
Um projeto conjunto, elaborado pelo decorador Jacques Garcia (responsável pelo sucesso do Hotel Costes), com mais de trezentos assentos, apresentado na Galerie des Gobelins.

O assento é repetidamente encontrado no coração de questões de poder. Exemplo: um vídeo mostra a humilhação da qual Jacques Chirac foi vítima em 1976 é uma perfeita ilustração. Jacques Chirac sentiu-se humilhado por ter sido instalado em uma simples cadeira e enfrentar o, então presidente, Valérie Giscard d’Estaing sentado em uma majestosa poltrona em um encontro divulgado pela televisão.

Não muito elegante ou não suficiente, a cadeira branca (foto) com uma base quadrada e uma moldura de madeira escura, foi usada por François Hollande para assistir ao desfile da tribuna oficial, durante o desfile do 14 de julho. Se os ilustres convidados na primeira fila tinham o direito a uma cadeira criada em 2000 por Christophe Pillet, as delegações colocadas logo atrás deles, tiveram que de se contentar com uma cadeira branca bem simples. Não perca a cadeira de Ministro da cultura Jacques Lang, verde amendoa com pés em escultura…não coloquei foto para criar a surpresa, mas garanto um programa divertido e rico em informações para curiosos e inspirações para decoradores e designers.
Em tempos de mudanças, aguardamos nessa dança das cadeiras, onde Emmanuel Macron vai se sentar para dirigir o país durante os próximos 5 anos.

SIÈGES EN SOCIÉTÉ – DU ROI-SOLEIL À MARIANNE – até 24 de setembro 2017
Galerie des Gobelins – 42 Avenue des Gobelins, 75013 Paris